Aluno do Instituto de Matemática do Acre conquista medalha de ouro em torneio nacional de Cubo Mágico

Publicado em 5 de novembro de 2018
Thais Farias 

Daniel Enock Oliveira começou a frequentar o IMCF do Acre, em Rio Branco, quanto ainda estava no ensino médio (Foto: Arquivo Pessoal/Cedida)

Daniel Enock Oliveira tem 19 anos e iniciou sua relação com as técnicas do Cubo Mágico em 2016, no Instituto de Matemática, Ciências, Filosofia e Ética (IMCF) do Acre – instituição criada pelo governador Tião Viana como incentivo ao desenvolvimento intelectual da juventude.  O estudante terminou o ensino médio na rede pública de ensino em 2017 e continuou a frequentar os cursos e a participar de monitorias no instituto, que funciona na sede do Centro de Referência de Inovações Educacionais (Crie), em Rio Branco.

No último fim de semana, ele participou pela primeira vez de uma competição nacional, o campeonato oficial do Criciúma Open 2018 de Cubo Mágico, realizado no Nações Shopping, na cidade de Criciúma, em Santa Catarina. O torneio premiou 12 dos 75 competidores, entre eles o acreano, que conquistou medalha de ouro na modalidade para novatos e alcançou o sexto lugar no resultado geral.

“Para o IMCF do Acre é motivo de grande satisfação e orgulho, pois os primeiros movimentos do Daniel com o Cubo Mágico começaram nesta instituição. Quanto aos alunos da rede pública, os cursos ministrados pelo Instituto contribuem para o crescimento intelectual e cognitivo dos mesmos, aumentando a autoestima de cada um, levando-os ao sucesso”, explica o coordenador do instituto, Eliomar dos Santos Amorim.

Competição premiou 12 dos 75 competidores, entre eles o acreano Daniel Oliveira (Foto: Arquivo Pessoal/Cedida)

Além do mais recente, Daniel também foi campeão em 2016, no torneio realizado pelo próprio Instituto na capital acreana. O estudante, que no momento se prepara para fazer o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), conta que foi uma surpresa receber o convite para participar do Criciúma Open 2018 de Cubo Mágico.

“Foi numa feira de matemática que aconteceu no início de 2018 que uma professora de fora do estado me convidou para participar desse torneio. Para mim foi emocionante representar o Acre e conseguir um lugar de destaque na competição. Continuarei a me empenhar nesta modalidade e aprender cada vez mais”, conta o competidor Daniel Oliveira.

Daniel Oliveira participou do Criciúma Open 2018 de Cubo Mágico (Foto: Arquivo Pessoal/Cedida)

Esta foi a primeira vez que o estado emplacou um representante local num torneio nacional de Cubo Mágico. A modalidade vem crescendo e ganhando adeptos entre os adolescentes por meio dos cursos oferecidos pelo Instituto de Matemática, Ciências, Filosofia e Ética (IMCF). “O Daniel é um exemplo para os demais estudantes. Ele nunca havia participado de campeonatos realizados em outras cidades e já é destaque nacional com a sua classificação geral. O talento dele foi descoberto nos campeonatos locais, e isso nos emociona e nos motiva a continuar realizando muitos outros, em diferentes áreas do conhecimento”, afirma Amorim.


COMENTÁRIOS: