Educação encerra consulta sobre currículo de referência único

Publicado em 23 de novembro de 2018

Proposta preliminar foi apresentada para professores e gestores.
Foto: Mardilson Gomes

Professores, gestores e instituições de ensino se reuniram nesta sexta-feira, 23, no auditório da Secretaria de Estado de Educação e Esporte (SEE) para realizar o encerramento da consulta pública do currículo de referência único do Acre a partir da Base Nacional Comum Curricular (BNCC).

Desde o último dia 12, os profissionais estão realizando encontros e reuniões, sob a coordenação da comissão estadual de implementação da BNCC, para apresentar idéias e propostas que foram anexadas ao documento preliminar que está sendo apresentado e será enviado ao Conselho Estadual de Educação (CEE).

De acordo com a professora Rúbia Cavalcante, Diretora de Ensino da SEE, a consulta pública é um desdobramento da implementação da BNCC no Acre, que começou a ser discutida em fevereiro deste ano. “Desde esse momento se iniciou o processo de reconstrução dos currículos e aqui no Acre montamos um comitê de governança entre o Estado e todas as redes municipais de ensino”, explicou.

Pais, alunos, professores, gestores, a comunidade de maneira geral, todos foram convidados a apresentar sugestões e encaminhamentos que foram agregados ao documento oficial. “É uma nova proposta à luz da BNCC, onde o Acre já tinha um currículo que era referência nacional e estava entre os cinco melhores do país e, então a gente reescreveu a partir das habilidades previstas na nova base curricular”, disse.

Quem também participou do encontro foi a Diretora de Ensino da Secretaria Municipal de Educação (SEME) de Rio Branco, professora Gleice Souza. Segundo ele, foram discutidos os currículos mínimos que os alunos dos ensinos infantil e fundamental devem desenvolver.

“Para a gente é um é um momento privilegiado de termos em nossas redes municipais e estadual de estarmos participando desse processo onde discutimos o que os alunos precisam aprender para desenvolver suas habilidades”, afirmou.

A União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime) também organizou e participou de todos os debates em torno do da construção de um currículo único nos municípios acreanos. A coordenadora da entidade, professora Maria Izauniria Nunes da Silva, também comentou sobre o encerramento das atividades.

“Trata-se de um esforço coletivo, realizado em regime de colaboração com todas as redes de educação, onde realizamos discussões e debates que iniciaram em março para construir essa proposta preliminar que vai ser encaminhada ao CEE até o final de dezembro”, explicou.

 



COMENTÁRIOS: