Educação rural apresenta equipe e metas para 2019

Publicado em 23 de janeiro de 2019

Secretário Mauro Sérgio Cruz destacou importância do Ensino Rural para a Educação.
Foto: Mardilson Gomes

Stalin Melo – ASCOM SEE

A Secretaria de Educação, Cultura e Esportes (SEE) apresentou na manhã desta terça-feira, 23, aos gestores e coordenadores das escolas rurais de Rio Branco a equipe que irá nortear os trabalhos a partir de 2019. O encontro aconteceu no auditório da própria Secretaria.

O ano letivo inicia no dia 11 de março e devido a peculiaridades das escolas o encontro com os diretores serviu para nortear algumas ações, sobretudo no tocante ao transporte escolar e a merenda. “Vamos debater sobre o que é fundamental para o início do ano letivo”, explicou o diretor de ensino rural, professor Carlos Mota.

“Convidamos os diretores para que a gente possa ter essa conversa, tirar algumas dúvidas, mostrar a nossa linha de trabalho e mostrar também o calendário do ano letivo, que inicia dia 11 de março, mas que devido a algumas especificidades, algumas escolas terão que fazer readequações”, destacou.

O secretário Mauro Sérgio Cruz explicou que uma das importantes mudanças realizadas foi no tocante a estrutura do Ensino Rural, que deixou de ser uma coordenação e agora é um Departamento ligado à Diretoria de Ensino. “Isso porque o ensino rural é tão importante quanto qualquer outra modalidade de ensino”, disse.

Aos diretores das escolas, o secretário disse ainda que a SEE terá, nas escolas rurais, sobretudo nas de difícil acesso, a mesma presença que possui nas escolas urbanas. Tudo para garantir a melhoria do aprendizado e também dos índices da educação básica.

Um ponto importante destacado pelo secretário foi no tocante aos dias letivos que, em decorrência da diversidade climática e geográfica, precisa ser diferenciado. Em parceria com o Conselho Estadual de Educação (CEE) já está sendo montada uma proposta de readequação do calendário do ano letivo, sobretudo nas escolas de difícil acesso.

“Tudo isso para que o processo de ensino-aprendizagem das escolas rurais não seja prejudicado, que os nossos alunos possam de fato aprender e que os nossos professores tenham todas as condições de ensinar”, afirmou o secretário.

Trabalho de gestores e coordenadores da zona rural será valorizado.
Foto: Mardilson Gomes

 

SEE mais próxima das escolas

O secretário Mauro Sérgio da Cruz voltou a reafirmar, durante o encontro com os gestores das escolas rurais, o compromisso da SEE em estar mais próxima das escolas, ouvir mais as demandas dos diretores e estar presente na vida da comunidade escolar como um todo.

“Nossa bandeira é a educação, precisamos melhorar nossos índices educacionais, mas para isso é preciso que as escolas também dialoguem com a gente. Dessa forma, estaremos sempre abertos para receber a todos e minha orientação é para que ninguém saia daqui sem resposta para as demandas, porque somente assim o melhor, que é a qualidade do ensino, chegue na ponta, que são os nossos alunos”, afirmou.

 



COMENTÁRIOS: