Escola Roberto Sanches Mubarac realiza passeata e panfletagem em defesa do Meio Ambiente

Publicado em 9 de setembro de 2019

Munidos de cartazes e panfletos, alunos, pais, professores e funcionários da Escola Roberto Sanches Mubarac realizaram uma manifestação em defesa do meio ambiente no dia em que é celebrado o Dia da Amazônia. O ato iniciou com uma caminhada e terminou com a entrega de panfletos pelas ruas do bairro Seis de Agosto, onde está localizada a escola.

A Amazônia abriga a maior floresta tropical do mundo, maior bioma do Brasil e uma grande fonte de matérias-primas utilizadas na medicina, na alimentação e em outras atividades comerciais. Abrange nove estados do nosso país: Acre, Amapá, Amazonas, Pará, Roraima, Rondônia, Tocantins e parte do Maranhão e do Mato Grosso e nove países: Bolívia, Brasil, Colômbia, Equador, Guiana Francesa, Paraguai, Peru, Suriname e Venezuela. É, sem dúvida, uma das maiores riquezas da humanidade.

Escola Roberto Sanches Mubarac, promove passeata em defesa do Meio Ambiente Foto: Mardilson Gomes/SEE

“Foi uma atividade bem legal, a passeata com cartazes e panfletos. falamos sobre as árvores, o cuidado com a natureza, o prejuízo das queimadas. Esse é meu primeiro ano na escola, mas estou muito satisfeito em participar dessa atividade, porque o meio ambiente é muito importante”, comentou Kleber Lucas, aluno do 6º ano.

A escola desenvolve um trabalho de conscientização com as crianças a partir do primeiro ano e eles passam a ser os fiscais na comunidade e quando os vizinhos estão queimando eles aplicam a multa que a escola elaborou e advertem que é proibido queimar.

Caminhada de conscientização em defesa do Meio Ambiente Foto: Cedida

“Todos os anos nós desenvolvemos essa ação, trabalhamos a conscientização com os alunos desde os seis aninhos porque eles têm que crescer com essa conscientização de que é preciso preservar a natureza, cuidar, plantar, ser contra as queimadas. É um trabalho muito prazeroso de conscientização. Envolvemos todos os alunos na atividade e a comunidade também se envolve”, explicou a professora Mônica Maria de Carvalho, gestora da escola.

Nessa data, muitos movimentos em prol da Amazônia acontecem no país, como uma forma de alertar a população sobre a destruição da floresta e de como podemos ter desenvolvimento sem que seja necessário acabar com essa importante fonte de biodiversidade, lembrando que o bioma é fundamental para o equilíbrio ambiental e climático do planeta e a conservação dos recursos hídricos.

 



COMENTÁRIOS: