“Essa é uma oportunidade boa que o governo dá para a gente”,

Publicado em 5 de fevereiro de 2018

Gilcenildo de Lima: “Acho ótima essa oportunidade”
Foto: Stalin Melo

Dona Eliete Miranda é moradora do bairro Vila Acre, no Segundo Distrito de Rio Branco, e um exemplo de como se aproveitar as oportunidades. Nesta segunda-feira, 29, ela foi até o Centro de Estudo de Línguas (CEL), onde conseguiu matricular o filho, Elionay da Silva, para o curso de Inglês.

Além do curso, ela também conseguiu matricula-lo na Escola Militar, que o governo inicia esse ano. “Meu filho vai para o oitavo ano e tanto as aulas no colégio quanto o curso de inglês serão feitas no CRIE”, informa. Ela própria, aliás, também iniciará o segundo ano do curso de Libras, oferecido pelo Centro de Apoio ao Surdo (CAS).

Ao falar sobre a matrícula, ela disse que essa é uma “oportunidade muito boa” que o governo proporciona aos alunos da rede pública. “è uma medida excelente porque não temos condições de pagar um curso particular, que é muito caro e, por isso, só tenho a agradecer ao governo por essa iniciativa”, disse.

Quem também não esconde a felicidade de matricular a filha Sayane Aguiar de Lima no curso de Inglês é Gilcenildo de Lima, morador do bairro Jorge Lavocat. “Acho ótimo essa oportunidade, porque além de ser de graça, ela estudará no Centro de Línguas, que é um excelente espaço”, afirmou.

As matrículas para as novas turmas do Centro de Línguas acontecem entre os dias 29 e 31 de janeiro, para os alunos da rede pública, nos dias 01 e 02 de fevereiro para a comunidade e no dia 05 de fevereiro para o curso de Libras.

Ao todo, são oferecidas 1.080 novas vagas. De acordo com o coordenador administrativo do CEL, Ramsés Reis, metade delas são para o curso de inglês, que concentra em torno de 80% da procura dos alunos. Desde 2011, já fora realizados 52.146 atendimentos nos cursos de inglês, francês, espanhol e italiano.

 

 



COMENTÁRIOS: