Estudantes desenvolvem projeto de conscientização sobre o uso das águas e a preservação da floresta

Publicado em 26 de junho de 2018

Alunos trabalham a importância dos rios voadores na manutenção do ciclo natural da água (Foto: Dayana Soares/SEE)

Preocupados com a sustentabilidade do planeta, alunos da Escola Marilda Gouveia Viana estão desenvolvendo um projeto de conscientização acerca da importância do uso consciente das águas e da preservação da Floresta Amazônica. A ação é parte da campanha Cuidando da Água do Planeta a Partir da Região do MAP – Madre de Dios, Acre e Pando, que envolve Brasil, Bolívia e Peru.

De acordo com o coordenador de ensino, Christian Moraes, os estudantes estão trabalhando o tema Rios Voadores, cursos de água atmosféricos formados pelos vapores provenientes das florestas. A umidade gerada por esses vapores é essencial para a manutenção do ciclo natural da água em todo o continente. daí a importância da preservação da área de mata.

Os alunos desenvolvem ainda ações de uso consciente dos recursos hídricos dentro e fora da comunidade escolar. Já no início do projeto, 19 alunos foram eleitos delegados ambientais para cumprirem o papel de fiscalizar e alertar os demais colegas.

Kauã Magalhães participa ativamente do projeto (Foto: Dayana Soares/SEE)

“Trouxemos os pais e a comunidade. Paramos um dia de aula e fizemos uma intervenção em frente à escola, onde entregamos mudas de plantas e explicamos à comunidade a importância de plantar uma árvore para a manutenção dos rios voadores”, conta o coordenador.

Durante o dia a dia escolar, também são feitas pequenas intervenções por parte dos delegados visando a conscientização dos estudantes sobre importância da manutenção da limpeza das salas, dos banheiros e do não desperdício da merenda escolar para economia da água.

“Nosso trabalho é cuidar para que ninguém fique desperdiçando, para que no futuro não fique pensando na água que está sendo jogada fora agora. Fico chateado quando vejo alguém desperdiçando porque é o nosso recurso, não é só meu, é de todo mundo, então a gente tem que cuidar enquanto tem”, afirma Kauã Magalhães, um dos participantes do projeto.

Alunos participaram de capacitações acerca da gestão das águas (Foto: Dayana Soares/SEE)

Até agora, os alunos já passaram por várias capacitações, como a que aconteceu na semana passada acerca da gestão das águas. A coordenadora técnica, Elane Lopes, explica que desde o lançamento estão sendo desenvolvidas várias ações junto com a Secretaria de Estado de Educação e Esporte como capacitações, oficinas e saraus. A campanha já está em sua penúltima fase e até setembro, quando haverá o encerramento da campanha em Madre de Dios, no Peru, várias atividades ainda serão realizadas.

Nesta sexta-feira, 29, os alunos da Marilda Gouveia apresentarão os resultados das suas ações na Conferência do Meio Ambiente, na Universidade Federal do Acre (Ufac). Eles também levarão o trabalho para a 4ª edição da Viver Ciência – Mostra de Educação, Ciência, Tecnologia e Inovação do Acre, no fim do mês de agosto.



COMENTÁRIOS: