Governo oferta capacitação para assistentes educacionais

Publicado em 17 de maio de 2018

Professora Francisca Machado, com o assistente educacional Kássio Matos: nosso objetivo é oferecer conhecimentos teóricos e práticos.
Foto: Mardilson Gomes

O governo do Acre, por meio da Secretaria de Educação e Esporte (SEE), está oferecendo um curso de capacitação para 408 assistenciais educacionais do ensino especial do município de Rio Branco e que trabalham diretamente com os alunos em sala de aula.

Com o tema “o assistente educacional na ação humanizadora dos alunos com deficiência ou transtorno”, eles estão recebendo capacitação teórica e prática para atuar com os estudantes. Em Rio Branco, esses alunos são mais de 1.800 em sala de aula e 1.400 que recebem orientação nas Salas de Ensino Especial (AEE), no contraturno.

Nesta quinta e sexta (17 e 18 de maio) está acontecendo o segundo módulo do curso, cujo tema é “Perspectivas biológicas, psicológicas e socais da ação do assistente educacional”. O curso, num total de quatro módulos, tem um total de 40 horas/aula. 10 horas/aula em cada módulo.

De acordo com a professora Francisca Machado, da equipe de formação da escola Dom Bosco, os assistentes educacionais que estão recebendo a capacitação trabalham diretamente na locomoção e no atendimento pedagógico, prestando assistência aos professores e prestando atendimento aos alunos com deficiência.

“São ao todo 408 profissionais que estão em formação e atendendo nas escolas neste curso, que tem como objetivo oferecer conhecimentos teóricos e práticos aos alunos com deficiência”, explicou a professora.

Um desses profissionais é Kássio Casas Matos da Silva, que trabalha há três anos com o ensino especial e este ano trabalha na Escola Pimentel Gomes, no bairro São Francisco. “Esse curso é de extrema importância para o nosso aprendizado porque no colégio a gente passa por adversidades e, muitas vezes, a gente precisa saber lidar com essas situações”, afirmou.

No interior, esses cursos de capacitação aos assistentes sociais são oferecidos por outras equipes de formação que são devidamente agendadas para atender as demandas nos regionais.



COMENTÁRIOS: