Observatório de Segurança visita escola José Chalub Leite

Publicado em 5 de novembro de 2018
Stalin Melo 

Observatório de Segurança ajuda gestores na resolução de conflitos (Foto: Stalin Melo/See)

Representantes de órgãos e entidades que fazem parte do Observatório de Segurança realizaram  nesta semana, visita à gestão da escola José Chalub Leite, localizada no bairro Areal, Segundo Distrito da capital. O Observatório é uma ação coordenada pelo governo do Estado por meio da Secretaria de Educação e Esporte (SEE).

Da reunião com a gestora Francisca Rego e sua equipe pedagógica participaram representantes do Ministério Público Estadual (MPE), da Fundação Elias Mansour (FEM), da Polícia Civil (PC), Polícia Militar (PM) e Secretarias Municipais de Saúde (Semsa) e Ação Social (Semcas).

Muitas demandas foram apresentadas pela gestão escolar, mas também muitas sugestões e encaminhamentos foram levantados para ajudar na administração e redução dos conflitos que a comunidade enfrenta.

Para a gestora da escola, professora Francisca Rego, a reunião com os representantes do Observatório de Segurança foi muito proveitosa. “Esse encontro nos traz segurança e um direcionamento para um trabalho mais assertivo dentro da nossa comunidade”, pontuou.

Ela destacou que embora muitas demandas tenham sido levantadas, também muitas sugestões foram apresentadas. “Eles trouxeram muitas sugestões de mudanças e mudanças que irão melhorar a vida dessas crianças que atendemos aqui em nossa escola, pois elas precisam de atenção e nossa prioridade é fazer a vida delas mais feliz”, enfatizou.

A coordenadora do Programa Mãos da Dadas da SEE, professora Vera Lúcia Pires, que também coordena as ações do Observatório, disse que o  objetivo é justamente esse, auxiliar as escolas a resolver demandas e conflitos que, em muitos casos, estão fora do alcance da gestão escolar.

“O objetivo do observatório está sendo alcançado e, embora tenhamos visões diferentes sobre os problemas, temos o mesmo propósito de beneficiar alunos, professores e a própria gestão e essa união tem ajudado na solução dos problemas”, afirmou.



COMENTÁRIOS: