SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO E ESPORTE DO ACRE 

notícias

da

educação

Escola Serafim da Silva Salgado realiza IV Mostra de Ciências

DSC 0185

Alunos apresentam trabalhos em diversas áreas do conhecimento. Foto: Thiago Bezerra (Ascom/SEE)

Como forma de reforçar a importância do ensino-aprendizagem da Ciência, Física, Matemática e suas Tecnologias, a Escola Serafim da Silva Salgado, localizada no bairro da Sobral, promoveu no último sábado, 28, mais uma “Mostra de Ciências”. A iniciativa reuniu alunos do 4º ao 9º ano do Ensino Fundamental.

Os visitantes puderam observar o ramo de conhecimento das Ciências e de outras áreas com as explicações dos alunos e seus experimentos. A ideia principal do evento é fazer com que os alunos, após o aprendizado da teoria em sala de aula, desenvolvam na prática grandes pesquisas científicas.

Para Adoneison Nascimento, do 9º, a mostra vem para despertar novos conhecimentos e aptidões profissionais. “O evento é uma grande oportunidadede aprender mais e compartilhar o saber com os outros colegas. Com diversos temas expostos, você descobre em qual carreira quer atuar profissionalmente, se é na física, química, biologia entre outras”, afirma.

De acordo com a coordenadora pedagógica Egina Carli, o trabalho é resultado da interdisciplinaridade e de um projeto da escola no semestre letivo.“A Mostra de Ciências é um enorme instrumento para aproximar a teoria da prática de atividades científicas. É um momento que contribui para despertar o interesse pela ciência e áreas afins, além de estimular a formação de pesquisadores”, destacou.

Na feira, o trabalho elaborado por pesquisadores e acadêmicos do curso de Física da Universidade Federal do Acre (Ufac) sobre o tema “Bobina de Tesla, foi sucesso entre os alunos. Sob a orientação do professor de física Israel Herôncio, o equipamento gera energia sem necessidade de fios.

Um transformador que leva energia à longas distancias, como controle remoto e  até o rádio. Este projeto foi apresentado na III Mostra Viver Ciência, nos dias 19 e 20, na Ufac.

O professor afirma que a feira é um momento importante para que os estudantes interajam com a física, pois o eletromagnetismo quase não é discutido e abordado com os alunos. “Esse evento aproxima os estudantes e professores, proporcionando um envolvimento importante. Isso desperta o lado científico de cada aluno”, enfatizou.

A mostra reuniu alunos dos dois turnos que expuseram seus projetos de pesquisa, sob a orientação dos professores de Geografia, Química, Física, Biologia e do Gestor da Escola, Veridiano Alves de Lima.

Conta