Professores do CEL são selecionados para estudar nos EUA

Publicado em 17 de maio de 2019
O sonho da qualificação profissional fora do país será possível para três professores do Centro de Estudo Línguas (CEL). Eles foram selecionados para participar do Programa de Desenvolvimento Profissional de Professores de Língua Inglesa nos Estados Unidos da América (PDPI) para estudar na Iowa State University durante seis semanas.

Um deles é o professor Cristian Lameira que há seis anos trabalha no CEL. “É o sonho de todo estudante da língua inglesa visitar as cidades, os lugares turísticos que a gente está acostumado a ver na TV, nas séries, sentir na pele a cultura, praticar a língua com os nativos. Essa experiência vai acrescentar tanto para mim profissionalmente como para toda a equipe do CEL”, comemora.

Professor Cristian Lameira está no Cel há seis anos e atualmente atua no Núcleo de Estudo de Línguas do Crie (Foto: Dayana Soares)

O curso, promovido pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), é voltado exclusivamente para professores de língua inglesa das escolas públicas de todo o país. Além de apresentar todos os requisitos exigidos no edital, para se classificar, o educador deve passar no teste de proficiência de língua inglesa TOEFL ITP.

Para o professor Aurivan Guimarães, que já leciona a língua há sete anos no Centro de Línguas, a seleção não teve grandes dificuldades.

Professor Aurivan Guimarães com alunos na sede do CEL (Foto: Dayana Soares)

“O CEL é um excelente lugar para trabalhar. Nós temos excelentes profissionais, tanto nas salas de aula quanto na coordenação e direção. Estamos sempre buscando melhorar, estamos sempre participando de oficinas, workshops e nossos planejamentos. Eu acredito que todo profissional da Educação deve estar em constante preparação, por conta disso, eu sempre estou me aprimorando junto ao Centro de Línguas”, conta.

Os profissionais selecionados receberão apoio para a participação no curso como passagens aéreas, benefícios financeiros, estadia, alimentação, transporte, seguro saúde, taxas escolares e materiais didáticos. A viagem está marcada os últimos dias de junho.

Professora Natanieli Felipe durante prova oral na sede do CEL (Foto: Dayana Soares)

A professora Natanieli Felipe que trabalha na Educação desde a época em era acadêmica conta esta é uma oportunidade única.

“Quero sugar o máximo de conhecimento da universidade americana, aprender não só mais sobre a língua, mas também a cultura. Crescer profissionalmente e que isso venha refletir nas minhas aulas, e que eu venha inspirar os alunos para que eles busquem isso, busquem conhecimento”, celebra a professora.



COMENTÁRIOS: